Últimas Notícias

Informação ao doente

doente

Caso Clínico A

Prémio outubro 2018

Caso Clínico B

Prémio novembro 2018

A Sua Opinião

Que valoriza mais na Reunião Anual do NGHD?
 
Caso Clínico
Caso Clínico de Junho de 2011
Winnerpicture Não existem vencedores

Vencedor: Dr. José Pedrosa

A Caldeira, B Pereira, A Santos, E Pereira, R Sousa, J Tristan, A Banhudo

Serviço de Gastrenterologia do Hospital Amato Lusitano de Castelo Branco

Doente do sexo masculino com 65 anos que recorreu ao SU por queixas de epigastralgias e sensação de enfartamento pós prandial. Realizada endoscopia digestiva alta visualizando-se uma lesão ulcerada extensa com fundo fibrino-necrótico no antro e três úlceras de menores dimensões até ao piloro; o piloro estava infiltrado pela lesão assim como a vertente bulbar do canal pilórico (imagens 1 e 2). A ecoendoscopia evidenciou espessamento parietal em grande parte circunferencial e irregular, com apagamento de todas as camadas da parede atingindo a muscular própria; a nível do piloro/bulbo observou-se crescimento exofítico da lesão (imagem 3). Após tratamento quimioterápio a lesão apresenta o aspecto endoscópico evidenciado na imagem 4.

Imegens 1 e 2

Jun11-1

Jun11-2

Imagem 3

Jun11-3

imagem 4

Jun11-4

Qual o diagnóstico mais provável?
A resposta certa é:Linfoma não Hodgkin

Utilizadores com resposta certa:






Site criado por www.web2business.pt