Caso Clínico Julho 2020

Carla Oliveira, Gonçalo Nunes, Marta Patita, Mariana Brito, Júlia Sabino, Vítor Fernandes

Hospital Garcia de Orta – Serviço de Gastrenterologia

Mulher de 63 anos, leucodérmica, sem antecedentes pessoais relevantes, referenciada para realização de endoscopia digestiva alta por queixas dispépticas persistentes. Sem emagrecimento ou alterações do trânsito intestinal. Laboratorialmente sem alterações de relevo, nomeadamente ausência de anemia.

Endoscopicamente constatou-se a nível da incisura angularis lesão polipoide com 25mm, regular, revestida por mucosa de aparência normal, com pequena depressão central punctiforme. A ecoendoscopia permitiu confirmar posteriormente a origem subepitelial da lesão.

 

Qual o diagnóstico mais provável apenas com base na avaliação endoscópica?

Vencedores:
Rui Mendo
Inês Costa Santos
Cristiana Sequeira
Flávio Pereira
nuno diaa
João Baranda

  • Caso Clínico Julho 2020
  • Caso Clínico Julho 2020

voltar